Foto: Deborah Almeida

Foto: Deborah Almeida

Apesar de ter origem cristã, o Natal é um feriado comemorado em quase todos os lugares do mundo, independente da religião. Para a maioria das pessoas, essa data representa um dia de reunir-se com a família para trocar presentes e comer uma ceia. O que difere, na realidade, são os pratos preparados nesse dia em cada país.

Bem sabemos que, no Brasil, o Natal normalmente é sinônimo de chester ou peru, salpicão, farofa, pavê e rabanada. Mas é claro que esse grande jantar varia bastante em outros lugares. Confira abaixo como é a ceia de Natal em outros países.

Espanha: os pratos principais são frutos do mar, como camarão, molusco e bacalhau. Eles também comem peru recheado e, de sobremesa, torrones (diferentes dos que comemos no Brasil) e biscoito amanteigado.

Inglaterra:o prato principal é um peru, acompanhado por couve de bruxelas e batatas assadas. De sobremesa, o christmas pudding, um pudim com textura similar à de um bolo, com muitas frutas e licor. Eles também comem biscoitos salgados (tipo cream-cracker) com queijos, como roqueforte stilton.

Itália: na tradição italiana, não come-se carne vermelha na véspera de Natal (24/12), por isso o prato do dia é peixe. Já no dia 25/12, a refeição conta com carne vermelha, sopa (geralmente de galinha) e muitas verduras. E, de sobremesa, não pode faltar Panettone, afinal ele surgiu na Itália; também comem Pandoro(um tipo de bolo italiano), torrone e muitas frutas.

México:bacalhau, peru recheado, purê de maçã, pernil e tamale (uma massa à base de milho e recheada com carne. De sobremesa, buñuelos (parecido com nosso bolinho de chuva) e rosca de reis (pão doce assado). Uma bebida típica é um ponche natalino, feito com rum ou conhaque, canela e frutas.

Argentina: em alguns lugares, o Natal conta com um asado a la parrilla, que é o famoso churrasco argentino, assado na brasa. Também fazem um prato chamado vitel thoné, que é uma carne assada, acompanhada de maionese, mostarda, alcaparras, ovo, salsinha. entre outros. As sobremesas são mantecol (um doce de amendoim) e pan dulce.  

Estados Unidos: é feito um almoço no dia 25, composto por uma carne assada (pernil, peru ou presunto), acompanhada de purê de batatas, vagem e salada. As sobremesa mais comuns são gingerbread (aquele biscoitinho em forma de “pessoa”), tortas (de maçã, noz-pecã, abóbora) e uma bebida chamada eggnog (feita de ovo, leite, açúcar, creme, noz moscada e, dependendo da idade, algum destilado).  

Grécia: a refeição tem uma carne assada, batatas, arroz pilaf e salada grega (tipicamente feita de tomate, azeitona, pepino, cebola roxa, pimentão, queijo feta e azeite). Também come-se um pão chamado Christopsomo (“pão de Cristo”) e um bolinho doce chamado melomakarona.

Venezuela: o prato mais tradicional é la hallaca, que é um guisado envolto em uma massa e empacotado em folhas de bananeira. Também tem porco ou peru assados e um pão recheado com tender, passas e azeitonas. Para a sobremesa, um bolo de chocolate com frutas embebidas em rum.  

Vale lembrar que as tradições podem variar em cada casa e que, muitas vezes, incorpora-se tradições de outras culturas. Qual ceia você ficou com vontade de experimentar?


Deborah Almeida_Ass

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.